03
Jan
09

DIALOGUES: “A falta de alimentos é um mito persistente”

Stephen Leahy (Tierraméricaveg-food-basket)

LONDRES, 19 de maio, (IPS) – (Tierramérica) O encarecimento do petróleo e do transporte pode obrigar os governos a voltarem a confiar na produção local de alimentos, afirma em entrevista ao Terramérica o cientista Michel Pimbert.

O especialista Michel Pimbert propõe valorização da produção e da distribuição locais de alimentos.

A atual crise alimentar fez reviver o mito de que o mundo não produz comida suficiente para toda sua população, afirma Michel Pimbert, autor de um novo estudo que propõe valorizar a produção local. A crise é uma manufatura do sistema global de mercado, afirma Pimbert, diretor do Programa de Agricultura e Biodiversidade do Instituto Internacional para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (IIAD), com sede em Londres.

É preciso parar a globalização e evoluir para a produção alimentar local, que permita às pessoas controlar sua própria nutrição, renda e economia, desde os lares até o plano regional. Pimbert expõe suas idéias na Internet, na publicação “Towards Food Sovereignty” (Para a Soberania Alimentar), que inclui vídeos e áudios com testemunhos de agricultores, indígenas e consumidores. Os primeiros três capítulos estão disponíveis gratuitamente no site do IIAD (www.iied.org). Pimbert não é o único que reclama mudanças de rumo na agricultura.

No dia 15 de abril, a Avaliação Internacional do Conhecimento, da Ciência e da Tecnologia no Desenvolvimento Agrícola (IAASTD) divulgou pesquisas de vários anos e concluiu que continuar com as práticas agrícolas atuais leva ao desastre. Embora não tenha tomado parte diretamente nos trabalhos da IAASTD, Pimbert afirma que sua pesquisa foi paralela, ao trabalhar diretamente com pastores e agricultores tradicionais para incluir seus pontos de vista, em geral marginalizados. Terramérica conversou com Pimbert em seu escritório em Londres.

via DIALOGUES: “A falta de alimentos é um mito persistente”>


1 Response to “DIALOGUES: “A falta de alimentos é um mito persistente””


  1. Dezembro 31, 2011 às 7:32 pm

    Lutzenberger defendia a agroecologia como forma de produ ão sustentável de alimentos para toda a humanidade.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: